7 roteiros para a primeira viagem à Europa

 

7 roteiros2

A chave para qualquer viagem bem sucedida à Europa é lembrar que o continente não vai sair do lugar. Em vez de abocanhar o Velho Mundo inteiro de uma vez só, é melhor degustar um bocadinho de cada viagem.

Compre passagem aérea diferente da volta. Resista a comprar aquela ida e volta a Madri para economizar 200 ou 300 dólares. Lembre-se que os trechos internos não saem de graça (e são cotados em euros) e que voltar ao ponto de chegada só para pegar o voo de volta oferece riscos. Compre a ida até o primeiro destino a ser efetivamente visitado, com volta desde o último destino a ser efetivamente visitado. Os sites de todas as companhias aéreas oferecem essa possibilidade (sempre há uma opção “múltiplos destinos” ou algo do gênero).

Veja ideias para visitar alguns dos pontos mais desejados na Europa:

1º Londres + Paris: uma semana é a permanência ideal nessas duas capitais. Para o deslocamento, trem.

2º Madri + Florença + Munique: três cidades que proporcionam ótimos bate-voltas. Escolha dois em Madri: Toledo, Segovia, Ávila ou Córdoba (de trem). Em Florença, três: Pisa + Lucca (trem), Siena (ônibus), San Gimignano (ônibus) ou Cortona (trem). Em Munique, dois: Salzburgo, Garmisch-Partenkirschen ou Fussen (de trem). A Veling voa de Madri a Florença, e a Air Dolomiti, de Florença a Munique.

3º Amsterdã + Bélgica + Paris: 4 ou 5 dias em Amsterdã, então 2 ou 3 dias na Bélgica (sugiro como baqe Ghent, de onde é possível fazer bate-voltas a Bruger e Bruxelas, voltando a tempo de aproveitar a noite animada da cidade), terminando com uma semana em Paris. Trem em todo o percurso.

4º Barcelona + Praga + Berlim: três das cidades mais vibrantes da Europa, cheias de gente jovem e com preços relativamente em conta. Avião entre Barcelona e Praga, trem entre Praga e Berlim.

5º Lisboa + Andaluzia + Madri: 5 dias em Lisboa, então ônibus a Sevilha, para ficar 3 noites. ônibus a Granda, para 2 noites. Trem a Madri, para 5 noites finais.

6º Roma + Florença + Veneza+ Milão: 5 dias em Roma (bate-volta a Pompeia), 5 dias em Florença (bate-voltas a Siena, Pisa + Lucca, San Gimignano), 5 dias entre Veneza e Milão. Trem entre as grandes cidades.

7º Suiça + Itália: desembarque em Zurique. Pegue o primeiro trem do aeroporto a Lucerna, fique 3 noites; faça bate-voltas a Berna e Interlaken (para o circuito Jungfraubah). No quarto dia, circuito barco + trem do Wilhelm Tell Express até Lugano; prossiga a Milão, para 2 noites. De Milão a Veneza (2 noites), Florença (5 noites com bate-voltas) e Roma (4 noites com bate-volta a Pompeia). Trem na Suiça e na Itàlia.